Home do site » Blog » Cronicas » Turnê GLS: Velhas Virgens para todos os gostos
Turnê GLS: Velhas Virgens para todos os gostos
17/03/2008

Não é raro as Velhas Virgens se engajarem naquilo que elas chamam de turnês GLS. Não se trata de nenhuma alusão pejorativa a shows na rota entre Campinas e Pelotas – é bom ficar claro. As turnês GLS envolvem shows em cidades com nomes no mínimo sugestivos: Rolândia, Ponta Grossa, Pau Grande, Campo Largo, entre outras. “Uma hora dessas inventam uma cidade chamada Pintolândia ou Caralhópolis só pra gente ir tocar”, ironiza Cavalo.

Além dos nomes sugestivos, essas cidades costumam ser palco de histórias interessantes. “Certa vez, fomos fazer um show em Ponta Grossa e duas mulheres muito lindas preparavam uns drinks no bar do hotel em que estávamos. Tínhamos um bom começo”, lembra Cavalo.

“Uma delas disse que morava em uma república com quatro mulheres. A outra diz: ‘Eu também.’ Santa coincidência. Então sugeri a elas que chamassem as amigas pra gente fazer uma festinha. A gente compra rum, Coca-Cola e a mulherada começa a chegar, uma atrás da outra”, empolga-se o guitarrista.

“Eu estava no quarto com o Lips e precisava de reforço. Estávamos com dez mulheres no quarto e alguém precisava dar conta delas, mas tínhamos um grande problema: todo mundo cansado por causa da viagem e teríamos um show ainda naquela noite.”

Cavalo então liga para o quarto do Paulão e diz: “Cara, vem já pro meu quarto. Tá cheio de mulher aqui.”

Cansado e irritado, Paulão responde educadamente: “Ah, vai se foder, me deixa dormir.”

Na ligação pro quarto do Caio, a mesma resposta do Paulão, só que um pouco mais seca. O Tuca nem atende. Seria uma crise de credibilidade da dupla Cavalo-Lips? Quem sabe?!

“Pô, a gente precisava de uma mão – quem sabe duas – e ninguém nem aí. Azar o deles. Bom pra mim e pro Lips.”

O tempo passa e chega a hora de ir para o show. “Desço pro saguão do hotel com o Lips e dez mulheres atrás da gente. Todos eles olham espantados e dizem: ‘Porra, era verdade mesmo. Tava cheio de mulher e a gente ficou aqui chupando dedo.’ Ninguém acreditava no que via. Mas como eu disse, azar o deles.” Oportunidades como essa raramente se repetem.

Blog Cronicas
CONTATOS PARA SHOWS

Contato: 74 Entretenimento
E-mail: shows@74e.com.br
Fone: +55 11 4805-8282
WhatsApp: +55 11 98329-0501






Cadastre-se para receber novidades e informações:


©2015 Velhas Virgens. Todos os direitos reservados.